• Cesar Benzoni

Os Pioneiros do Bluegrass no Brasil

Nota: esta matéria foi publicada por Erio Meili em Março de 2009, no antigo site da São Paulo Bluegrass Music Association

Bluegrass no Brasil provavelmente começou no final da década de 1970 e início da década de 80 com algumas bandas pioneiras. Eu de fato conheci um tocador de banjo americano em São Paulo, o Steve Yolen, em 1973 durante um jantar na casa de amigos meus. Eu tinha acabado de voltar de minha primeira visita aos Estados Unidos (passeando por todo país de ônibus Greyhound com uma promoção do preço de bilhete de passagem, me lembrando que era de 99 dólares para 99 dias) quando a música do Duelo de Banjo foi a grande moda (tocando em cada jukebox nas estações) e quando no final daquela odisséia finalmente comprava meu primeiro banjo em Nova Iorque (modelo "Alex" fabricado no Japão), mas levei 12 anos para começar a tocar e também me tornar consciente de que bluegrass era um gênero musical e finalmente também para descobrir tablaturas para aprender.

Steve Yolen lembra-se que em 1978 estava tocando em uma banda country, chamada "Another Country Band," fundada pelo professor de educação física da escola americana Jay Knight provenientes da planície Midwest dos Estados Unidos (um excelente instrumentista-tocador universal de bandolim, rabeca e violão), que foi ganhando seguimento agradável em São Paulo. Também nesta banda genuinamente americana tinha a violinista Sonny (o sobrenome dela se perdeu no nevoeiro das décadas, disse Steve), uma talentosa violinista que tocava na Orquestra Filarmônica de São Paulo, o antigo residente no Brasil John Thrall (violão) e o recém chegado bancário da Louisiana Grady Thurmon (baixo acústico). Dia trabalho do dia-a-dia do Steve era de tocar o seu próprio jornal em São Paulo, The Latin American Daily Post - Brasil Herald, um diário em inglês para as comunidades da língua inglesa no Brasil. Ele depois se mudou para o Rio de Janeiro, onde ainda vive até hoje em uma pequena cidade nas colinas chamada Nova Friburgo e ele recentemente fundou o "River Country Trio," uma banda tradicional bluegrass composta de três americanos (Peter Warner - violão, Tony Lupidi - bandolim, Steve - banjo).


Voltando aos tempos, em Abril de 1979 a banda Nashville Express foi fundada pelos dois irmãos Marcos e Mauricio de Cunto (Marcos tinha adquirido o banjo tipo arch top que era do Steve Yolen quando esse trouxe o seu novo banjo Mastertone tipo flat top) e a banda também incluía uma rabequista inglesa, Paul Woodhead, recém chegado do Reino Unido para trabalhar no Brasil no setor de meio ambiente. Nashville Express era basicamente uma banda de country com bateria, mas seu repertório tinha muito bluegrass bom com adições de música cajun, tais como The Ballad Of Jed Clampett, Bayou Jubileu, Blue Moon Of Kentucky, Diggy Liggy Lo, Dixieland Delight, Dueling Banjos, Foggy Mountain Breakdown, Fox On The Run, Jambalaya, Mountain Dew, Oh Susanna, Old McDonald, Orange Blossom Special, Ride The Train, Rocky Top e um número de dança em quadrilha com "Ragtime Annie".


No início dos anos oitenta outras bandas country entraram no cenário com sabor bluegrass, essencialmente em São Paulo:

  • Banda Hillbilly

  • Santa Fe Country (ou Bluegrass)Band

  • Sao Paulo Country

  • Windsong

  • Tennessee Pickers

  • Banda Buffalo

  • Jimmy Allen (era o apelido do cantor instrumentista Lélio Augusto de Graça Neto)

No início dos anos noventa, havia uma grande febre de música country no Brasil com muitos salões para dançar, os chamados "caipiródromo" aparecendo com grande audiência. Lembro-me também de dois grandes festivais nos melhores teatros de casa noturna de São Paulo, com bandas dos Estados Unidos vindo para o Brasil, tais como The Nashville Bluegrass Band, The Tennessee River Boys (hoje chamado Diamond Rio) e a Pam Gadd com sua banda Wild Rose.

Quando eu morava na cidade de Curitiba (Estado do Paraná) em 1991/92, tivemos nossa banda "Capim Azul", que é uma tradução brasileira legítima para Blue Grass.

Em 21 de Abril de 1996, fundamos finalmente a São Paulo Bluegrass Music Association e tive o prazer de promover em 1997 um show de tenda com a banda The Nashville Bluegrass Band em sua segunda visita ao Brasil onde eles se apresentaram também em outras cidades brasileiras, como Porto Alegre, Curitiba, Campinas, Belém, Rio de Janeiro, Brasília, coordenado pela escola americana The Thomas Jefferson Institute com apoio da embaixada americana em Brasília.

Em Agosto de 2001, durante a Feira Internacional Expomusic (a maior feira anual de música na América do Sul), lançamos a São Paulo Bluegrass Band com 6 CDs de gravação de estúdio com 72 músicas. Montamos um estande com a companhia Pier Trade com mais de 30 banjos Deering e convidamos o artista e professor de violino e banjo clawhammer dos Estados Unidos, Dan Levenson, para vir e trazer outros 10 banjos Goodtime, (em duas caixas bonitas feitas sob medida para serem exibidas também na feira) para servir nos workshops. Infelizmente este evento foi seguido pelas tragédias de 11 de Setembro que começou impactar aquele fluxo natural de futuras visitas de bluegrass vindo dos Estados Unidos.


No entanto, bandas do bluegrass domésticos bandas começaram a pipocar em outras cidades brasileiras, tais como "Trem27" em Porto Alegre (RS) ou "Os Encaipirados" em Florianópolis (SC) ou um trio de estilo progressivo do tipo Bela Fleck e Flecktones, o"Cybertones" de Campinas (SP) com Marcelo Modesto no banjo 5 cordas. Uma serie de outros CDs bluegrass chegou ao mercado, incluindo uma produção de DVD da São Paulo Country Band com músicas dos anos 60 tocadas no estilo bluegrass.


Nosso site www.bluegrass.com.br teve seu domínio registrado em 9 de Abril de 2002, por coincidência no dia do sexto aniversário do falecimento do Bill Monroe e nosso site agora vem mostrando um número estatístico acima de 15000 visitas de página mensais. (...)


por: Erio Meili, Março 2009

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Spotify - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© 2021 by BRBMA.